Descrição da Imagem: close no rosto de duas crianças que têm suas mãos fechando suas bocas.
Descrição da Imagem: close no rosto de duas crianças que têm suas mãos fechando suas bocas.

Por Ciça Melo

Hoje encontramos correndo pelo clube um loirinho lindo. Ele estava com as mãos sujas de terra e um sorriso lindo no rosto. Correu em nossa direção e o Lucas, meu filho mais velho que adora criança, logo se abaixou e perguntou: “Qual seu nome?”.

O pequeno apenas sorriu. Lucas repetiu a pergunta e o sorriso se ampliou ainda mais. A mãe vinha meio que correndo atrás empurrando o carrinho. E quando “ouviu” o silencio, logo falou: “ele não fala”.

Eu não a conheço e nem sei o que ela pensa, mas aquela frase e aquele tom me doeu. Faltou a palavra ‘ainda’. Será que o diagnóstico de Síndrome de Down teria sentenciado aquela mãe a não acreditar naquela criança? Por que tantas vezes não acreditamos em nossos filhos?

Não importa qual o diagnostico que tenhamos recebido um dia: precisamos acreditar em nossas crianças! Esta semana, visitando a Obra Social Dona Meca, encontrei varias crianças que um dia um medico disse que elas não iriam falar e nem andar. E, lá estavam elas, correndo e falando. Ainda bem que alguém não acreditou num medico e conseguiu ver além: enxergou o potencial daquela criança.  Ufa!

2 comentários em “Ele não fala.

  1. De tanto ignorar nosso chamado, Lucas, ainda pequeno, passou por uma audiometria e a médica foi categórica: “Ele é surdo!”. E, adivinhem? Lucas não era surdo. Lucas é autista. E por ser uma síndrome, é impossível especificar os sintomas que a criança apresentará, se haverá comorbidade, enfim, é um mistério. Dentre esses mistérios está a possível ausência da fala. Muitos “médicos” afirmam que aquela criança calada, que não balbucia, jamais falará. Ora, como podem fazer esse diagnóstico se na maioria dos casos não há comprometimento do aparelho fonador? Felizmente existem pais que ignoram esse diagnóstico, e apostam no amor, na doação incondicional em fazer aquela criança amada e feliz. No nosso caso, Lucas fala e muito. Seu autismo é um detalhe, como ser canhoto ou destro.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s