Por Carla Codeço

090_paratodos_marianaperrifotografia
Foto de Mariana Perri.                                                                                      DESCRIÇÃO DA IMAGEM: na foto, um olho castanho em foco

Hoje, 6 de novembro, é o dia de conscientização do Nistagmo. Por coincidência, aos 6 anos, meu filho Rafael foi diagnosticado com baixa visão devido ao nistagmo que tem desde que nasceu. Rafael também tem síndrome de Down e a incidência de Nistagmo em indivíduos com SD chega a 18%, conforme estudo.

Resolvi, então, colaborar com esta campanha  de conscientização. É muito importante o diagnóstico correto do nistagmo – ainda que os vários médicos que consultamos diziam para não nos preocuparmos, que a movimentação involuntária nos olhos não era nada. Mas, somente após feito o diagnostico, é que pudemos buscar adaptações na escola e no dia a dia para ajudá-lo a lidar com sua condição visual. Até então, ele estava sozinho nessa busca.

Um dos efeitos do movimento involuntário dos olhos é a demora a conseguir o foco e a consequente “memorização visual”. Por isso, não se espante quando, em uma festa, o Rafael cumprimentar você algumas vezes como se estivesse te vendo pela primeira vez. Isso não acontece quando estamos numa festa em que já conhece as pessoas e pode realmente reconhecê-las e registrar em quem já de deu os dois beijinhos ou os tapinhas nas costas.

Uma vez, quando estávamos na piscina do clube, cheia de gente, nadei pra perto dele e ele falou pra mim: “Oi, tudo bem?!”. Depois de um tempinho, ele se aproximou e sussurrou: “Mãe, é você?!”

Com o objetivo de esclarecer sobre o que é o Nistagmo, traduzi o texto abaixo que traz algumas dicas para professores:

 AJUDANDO ALUNOS COM NISTAGMO

O nistagmo é a deficiência visual grave mais comum entre as crianças em idade escolar. Trata-se de um movimento involuntário dos olhos que não pode ser curado ou corrigido pelo uso de óculos ou lentes de contato, embora alguns alunos possam usar lentes para corrigir outros problemas de visão.

Alunos com nistagmo tem sempre uma qualidade de visão muito ruim à distância, provavelmente será preciso sentar-se na frente da turma.

Além disso, eles:

1.Podem olhar em uma direção específica (no ponto nulo onde os olhos movem menos) ou movimentar a cabeça para conseguir uma melhor visão mas, ainda assim, limitada
2.Podem precisar de mais tempo quando, por exemplo, estiverem lendo ou copiando do quadro. Esta não é uma indicação da sua capacidade de leitura.
3.Podem ter dificuldades para fazer contato visual.
4.Deverão ter suas próprias cópias de livros e outros materiais para que possam visualizá-los a uma distância e ângulo confortáveis.
5.Devem ter uma cópia em sua própria mesa da matéria exposta no quadro.
6.Apresentarão uma piora na visão (seus olhos se movem mais) quando estão cansados, nervosos, estressados, doentes ou muito excitados. Então, a capacidade do que estes alunos podem ver e fazer durante todo o dia irá variar.

Felizmente, com paciência, compreensão e ajuda, a maioria dos estudantes com nistagmo atinge o seu potencial na escola.

Você pode ajudar:

1.LETRAS GRANDES E EM NEGRITO – Escrevendo em fonte grande, em negrito e com todas as letras em maiúsculas.
2.PROXIMIDADE – Permitindo-lhes que segurem os objetos perto de seus olhos para melhor visualização.
3.CONTRASTE – Usando cores fortes e com bastante contraste. Escrevendo, por exemplo, com preto sobre fundo branco, preto sobre fundo amarelo . Além disso, leia em voz alta quando estiver escrevendo no quadro.
4.CONVERSE – Discretamente incentive e encorage o estudante a expor suas dificuldades visuais e converse sobre as dificuldades que ele apresente a você.
5.MURAIS – Fixe os displays de parede no nível dos olhos de forma que o aluno possa facilmente acessá-los.
6.AMPLIAÇÃO – Fornecer impressões em letras grandes.
7.INVOLUNTÁRIO – Tenha consciência que não é possível parar o Nistagmo.
8.ILUMINAÇÃO – Proporcione uma boa iluminação no teto ou com luz de tarefa. Mas lembre-se de que a luz solar brilhante ou brilho pode causar incômodo.
9.POSIÇÃO DO ALUNO DENTRO DE SALA – Converse com o aluno sobre a melhor posição para ele ver o quadro. Na tentativa de tentar enxergar melhor, ele pode girar a cabeça e parecer não olhar para a frente.
10. SOMBRAS– Permita o uso de óculos escuros (prescritos por um oftalmologista) e/ ou boné/ chapéu/ viseira em local externo com luz brilhante.
11.ESPORTES – Conversar com o aluno sobre os jogos mais adequados. Geralmente é difícil de seguir ou pegar uma bola em movimento rápido, por exemplo.
12.TEMPO – Conceder mais tempo para que o aluno com nistagmo complete as tarefas, se necessário.
13.GUIA – Permitir o uso de um cartão, régua ou o dedo ao ler.

Cada aluno com nistagmo é um indivíduo cuja visão vai variar. Eu ou você podemos ter outros problemas oculares também. Muitos têm pouca noção da forma como o nistagmo afeta sua visão e não vão querer chamar a atenção para si por causa de sua visão deficiente.

 

Fonte: Yellow Card – © Nystagmus Network , 2010
http://www.nystagmusnet.org/cms/index.php/resources/education-resources
Tradução: Carla Codeço

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s