“Extraordinário” – livro de R.J. Palacio, que será o pano de fundo do bate-papo conduzido pela jornalista Ciça Melo, do Paratodos, na livraria Blooks amanhã a partir das 19h30 – é extraordinário. O livro narra as aventuras e desventuras de August, um menino de 10 anos que, em decorrência de uma síndrome, tem uma severa deformidade facial. Tendo passado por complicações médicas e várias cirurgias ao longo da vida, Auggie, como é carinhosamente chamado, até então nunca tinha frequentado uma escola. Tudo muda quando sua família decide que chegou a hora de o menino sair do casulo e entrar para um colégio particular de Nova York.

As histórias são contadas a partir das perspectivas dos personagens, o que nos dá diferentes interpretações sobre um mesmo episódio. Assim, além da visão do protagonista, traz as vozes da irmã de Auggie e de seus amigos. O que é ótimo, especialmente, quando se pensa que o livro é voltado para adolescentes e pré-adolescentes. De alguma forma, logo dá para se identificar com algum dos personagens ou com situações em que colocam os nossos valores à prova.

extraordinario

Ao longo de 318 páginas, rimos com Auggie; choramos com Auggie; e principalmente, aprendemos com Auggie. E percebemos que o caminho da gentileza, de se colocar no lugar do outro, de respeitar aquilo que nos é estranho nem sempre é uma decisão simples ou óbvia. Especialmente quando se está na escola e a opinião dos demais é muito importante para crianças e adolescentes. E, bom lembrar, escolhas sempre trazem consequências, mesmo que a opção seja a mais correta e coerente. Há sempre um preço a se pagar.

“Extraordinário” é desses livros que pais e mães deveriam ler na mesma época em que seus filhos. Ou, digo mais, poderiam tirar um tempo para ler para seus filhos, mesmo que eles já tenham idade para ler sozinhos. É um livro que abre para o debate, para as conversas, e que, no meio desse momento, pode-se descobrir o que seu filho anda pensando, fazendo ou simplesmente vivenciando na escola. É um convite para longas conversas. Se estiver disposto, abra o livro. (Fabiana Ribeiro)

Um comentário em “Extraordinariamente extraordinário

  1. Não li o livro que deve ser ótimo, mas tive o privilégio de estar presente no “bate papo” na Livraria Blooks, se é q a gente pode chamar aquilo de bate-papo ! Como muito bem colocou alguém do auditório, décadas atrás seria inimaginável ver cenas e diálogos como vimos ! Que belo progresso ! Parabéns a todos, parabéns à jornalista que conduziu a entrevista brilhantemente, e mega parabéns aos pais e filhos que nos deixou a todos emocionados por nos deixar saber que é possível dar e transmitir auto estima mesmo em situações bem difíceis. Uma lição de vida para todos os presentes !

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s